miércoles, 26 de noviembre de 2014

Anna Katherine Pinto Campos e Vítor Manuel Fontes Silva (Arqueóloga da Associação Desportiva e Cultural dos Jovens de Longos Vales): PROJETO ARQUEOLÓGICO DE LONGOS VALES. UM IMPULSO PARA A INVESTIGAÇÃO NO CONCELHO DE MONÇÃO (VIANA DO CASTELO, NORTE DE PORTIGAL).

Anna Katherine Pinto Campos e Vítor Manuel Fontes Silva (Arqueóloga da Associação Desportiva e Cultural dos Jovens de Longos Vales): PROJETO ARQUEOLÓGICO DE LONGOS VALES. UM IMPULSO PARA A INVESTIGAÇÃO NO CONCELHO DE MONÇÃO (VIANA DO CASTELO, NORTE DE PORTIGAL).

O  Projeto  Arqueológico  de  Longos  Vales  corresponde  a  uma  iniciativa  da  Associação Desportiva  e  Cultural  dos  Jovens  de  Longos  Vales  em  colaboração  com  a  Junta  de Freguesia de Longos Vales e a Câmara Municipal de Monção.  O  trabalho  que  se  encontra  em  estudo  circunscrita  a  freguesia  de  Longos  Vales, concelho de Monção, distrito de Viana de Castelo. Esta  investigação  consiste  na  execução  de  três  trabalhos:  a  elaboração  da  carta arqueológica, as escavações arqueológicas no Castro de São  Caetano e a dinamização do Centro Interpretativo do mesmo povoado.  A   carta   arqueológica   compõe-se   pela   inventariação   do   património   cultural   da freguesia, tornando-se numa fundamental ferramenta documental e de consulta. A necessidade dos trabalhos arqueológicos no Castro de São Caetano, justifica-se pela exiguidade  de  trabalhos  executados  neste  locus.  Há  uma  necessidade  de  um  melhor entendimento  das  suas  fases  ocupacionais  e  da  organização  urbanística  do povoado. De  destacar,  que  este  sítio  arqueológico  constitui  um  dos  mais  distintos  povoados proto-históricos no concelho, possuindo uma estrutura proto-urbana bem semelhante a outros povoados existentes no Noroeste da Ibéria.  Por outro lado, este projeto abraça uma componente educacional e social através de atividades ludo-didáticas a realizar no Centro Interpretativo.  De  uma  forma  geral,  este  trabalho  proporcionará  o  fomento  dos  conhecimentos regionais  e  a  sensibilização  da  comunidade  para  a  preservação  e  valorização  do património  local,  assim  como,  um  verdadeiro  impulso  para  futuros  estudos  de investigação no concelho. 

IV Jornadas de Jóvenes Investigadores del valle del Duero (Segovia)