martes, 6 de noviembre de 2012

O Bronze Final em Trás-os‐Montes Oriental: primeira notícia sobre o espólio cerâmico do “Sector M” da Fraga dos Corvos (Vilar do Monte, Macedo de Cavaleiros, Portugal)


Jessica Levy Reprezas (Universidade de Lisboa): O Bronze Final em Trás-osMontes Oriental: primeira notícia sobre o espólio cerâmico do “Sector M” da Fraga dos Corvos (Vilar do Monte, Macedo de Cavaleiros).

A Fraga dos Corvos, sítio arqueológico em estudo desde 2003, tem proporcionado informação abundante, já dada à estampa, sobre os inícios da Idade do Bronze em Trás-osMontes Oriental. No Verão de 2011, foi aberta uma nova sondagem no cabeço – o “Sector M” – implantada numa plataforma sobranceira a uma muralha em talude. O espólio exumado (cerâmico e metálico) revelou significativa ocupação humana enquadrável nos momentos terminais da Idade do Bronze (transição para a Idade do Ferro?). Para além de um importante conjunto metálico de filiação mediterrânica, denunciador do estreitamento das relações com a interface fenícia, os fragmentos cerâmicos recuperados (nomeadamente aqueles dotados de decoração) apontam para a manutenção de contactos supra-regionais, concretamente com a Meseta Norte, bem como a tímida introdução de exemplares de produção alógena. Estando ainda agendados trabalhos de escavação durante o Verão de 2012, prevêse o alargamento dos dados disponíveis, que contamos acrescentar ao estudo aqui proposto. Pretendese, nesta comunicação, dar a conhecer os primeiros resultados relativos ao estudo deste espólio cerâmico – as suas caracteríticas formais / tipológicas e de fabrico, enquadradas nas analogias transregonais, culturais e cronológicas, que e puderam aferir.
II Jornadas de Jóvenes Investigadores del valle del Duero. Del Neolítico a la Antigüedad tardía. León 2012.

No hay comentarios: