miércoles, 21 de noviembre de 2012

A FRAH recebe o “Congresso Internacional de Fortificações na Antiguidade Tardia”

A Fundação Rei Afonso Henriques de Zamora recebe, entre 21 e 23 de Novembro, o 'Congresso Internacional de Fortificações na Antiguidade Tardia: Elites e articulação do território entre os séculos V-VIII d. C.', um evento que pretende dinamizar as investigações científicas em torno de uma época entre a Idade Antiga e a Idade Média. Este encontro reúne peritos de vários países europeus que oferecerão uma visão global sobre os assentamentos na Antiguidade Tardia da Península Ibéria e reflexionarão sobre o futuro destas investigações.
A Associação Científico-Cultural Zamora Protohistórica organiza um encontro quase único no mundo da Arqueologia. "Os congressos com esta temática são escassos, pelo que achamos que este terá uma grande importância pela amplitude geográfica e temporal que vai ser tratada, e esperamos que possa ser a primeira pedra para futuros congressos deste tipo e possa dinamizar as investigações sobre a Antiguidade Tardia", afirma em declarações a DiCYT Jose Carlos Sastre, responsável pela organização.
Neste sentido, "achamos que reunimos um grupo dos melhores especialistas que temos em Espanha e Portugal neste momento, completado com algum investigador da Alemanha e do Reino Unido", assegura, investigadores que "se encontram no primeiro nível dos estudos de Antiguidade Tardia", mas também "pessoas que estão a começar novas e interessantes linhas de investigação". Por isso, há mais de 80 inscritos nas jornadas, interessados principalmente em saber mais a respeito dos assentamentos da Península Ibéria entre os séculos V e VIII.
"O público mais interessado são principalmente os especialistas, bem como os próprios estudantes universitários. No entanto, achamos que se tratam temas muito interessantes que podem atrair pessoas que tenham interesse pela arqueologia e por conhecer o passado das regiões onde vivem", assegura Jose Carlos Sastre.
Não é a primeira vez que a Associação Científico-Cultural Zamora Protohistórica organiza um grande evento científico na capital do Duero, já que há um ano celebrou também as I Jornadas de Jovens Investigadores do Vale do Duero, com 100 participantes. A segunda edição deste encontro celebrou-se há poucas semanas em Leão com a presença de 120 jovens investigadores.

Fuente: Zamora 3.0:  http://www.zamora3punto0.com/index.php/es/menufrah/2245-a-frah-recebe-o-congresso-internacional-de-fortificacoes-na-antiguidade-tardia

No hay comentarios: